segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Coimbra tem mais encanto...


Ontem foi dia de ir a Coimbra. Almoçar num restaurante italiano à beira do rio com M. foi maravilhoso, até o frio deu uma trégua. No final do dia tivemos direito à musiquinha do "Coimbra tem mais encanto na hora da despedida" cantada por um grupo de ex alunos da universidade trajados a rigor. Aquela música deve ter um significado emocional muito especial para quem estudou lá. Eu lembrei-me de Braga e dos 4 belos anos que passei lá e fui muito feliz. Só tive pena de não ver as iluminações de Natal à noite. Não há nada mais bonito (há poucas coisas vá lá) do que ver uma cidade iluminada para o Natal.

Constatação

Será que é de mim ou hoje não vamos ter dia?! Passamos directamente da noite para a noite. É que são 13:47h e está completamente escuro lá fora... já para não falar que está um frio desgraçado. E eu que resolvi vir de sapatos e não de botas! Ás vezes tenho cada ideia...

sábado, 27 de novembro de 2010

Olhem para o que eu digo


Então é assim: aproveitem o fim de semana. Aproveitem para passear, namorar, descansar e até arrumar aquelas coisas que se vão juntando em cima da secretária. Aproveitem porque eu, e como eu quem trabalha ao fim de semana, não posso fazer nada disso. Isto tira-me anos de vida e saúde mental.

Juro que é verdade!

Eu não sou uma pessoa alta, mas ainda à pouco senti-me alta (e pasmada com o que vi!). Do cimo dos meus míseros 1, 63cm vi duas crianças (não tinham mais que 11/12 anos) a beijarem-se, mas de uma maneira pronográfica, enquanto esperavam pelo elevador e lá dentro continuaram. Eles davam-me pelo ombro, daí concluir que eram crianças. Será que é uma prática comum na escola este tipo de comportamento?!

Ainda não sinto o Natal


Apesar de trabalhar num Shopping que já está iluminado para o Natal desde o final de Outubro, ainda não sinto o Natal. Secalhar é por faltar quase 1 mês, secalhar é isso. Eu compreendo os administradores dos centros comerciais e os comerciantes em geral, que para apelarem ao emocional das pessoas bem cedo com o intuito de consumirem mais, apostaram em preparar o Natal bem cedo, mas este ano foi cedo demais. Acabaram por estragar tudo. Como já está tudo ilumnado à tanto tempo, as musiquinhas de Natal sempre a tocar até já cansam, já não tem piada nenhuma. Ainda nem tive vontade de fazer o pinheirinho em casa. O que é grave... muito grave! 

Quero, quero, quero muito!

E perguntam vocês: "Que queres mais Cat além que cheguem as 23h?"
Eu respondo: "Quero ir p'ra neve"

É verdade que eu detesto frio, encolho-me toda e pareço uma velha. Até fico com dores nas costas de tanto me encolher, mas quero ir para a neve esquiar. Como para o ano não sei se o M. vai poder tirar férias antes de Junho talvés só nos reste a Serra da Estrela. Mas amiguinhos nem isso é fácil. A Cat aqui não tem fins de semana. Daí estar triste, muito triste. Qualquer dia faço-me a vidinha. Já esteve mais longe.

Hoje é dia de completo


Hoje é dia de completo (trabalhar 13horas seguidas), logo é dia de desespero. Eu desespero nestes dias... são 11:45 da manhã e eu só penso nas 23h. Só de pensar que é o último de 13h, para a semana vão ser 14h dá-me uma coisinha má.... Depois eu digo-vos a morada do manicómio para me irem visitar ok?

*Ufa como eu gostava de ter um horário normal :(

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Efeitos da testosterona... I think


Ontem aconteceu uma coisa absolutamente espectacular. Eu e o M. fomos ao shopping consumir. Como bons consumidores que somos enchemo-nos de sacos (ainda não foram as compras de Natal! Na verdade não era nada de especial mas era volumoso, o que nos encheu de sacos). Não sei se conhecem o Mar Shopping mas tem um elevador perto da Rádio Popular. Claro que o M. não passa na Rádio Popular sem entrar para "dar uma voltinha" (Efeito da testosterona n.º1). Lá fomos nós, cheios de sacos volumosos, para a Rádio Popular. Bem para dizer a verdade ficamo-nos pela entrada porque o M. alucinou com um jogo que estava lá em exposição. Eramos mesmo nós que nos sentavamos num carro, tinha pedais, volante e um banco que parecia de um Formula 1. Ora era vê-lo a atirar os sacos para o chão e sentar-se na maquineta para experimentar o jogo (Efeito testosterona n.º2). Não é que o rapaz vidrou naquilo! E ainda me "obrigou" a experimentar aquilo também. Até era engraçado, vá lá, parecia que estavamos nos carrinhos de choque. Após aquele expectacular momento, não satisfeito, ainda foi procurar o PES 2011 para experimentar, como se já não o tivesse em casa!! (Efeito testosterona n.º3). Cá entre nós que ninguém nos ouve, adoro ver aquele brilho nos olhos dele quando vê uma PlayStation...

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Sweet November


Hoje dei por mim a pensar na importância do mês de Novembro na minha vida. Não sou pessoa de atribuir demasiada importância a coisas ou factos, mas sempre pensei no mês de Novembro como um mês de transição entre o meu aniversário (Outubro) e o Natal. Mas na realidade o mês que me trouxe mais alegrias na vida foi Novembro. Há 7 anos atrás trouxe-me o M. que é a coisa mais importânte na minha vida. O ano passado, em Novembro, o M conseguiu um resultado muito bom no exame de admissão à especialidade dando-me uma alegria muito grande. E este ano, ontem mais precisamente, escolheu a especialidade que queria e no Porto sem precisar de mudar de cidade e, assim, podermos dar continuidade aos nosso planos. Portanto.... I Love Novembre. E amo muito mais o M. que enche a minha vida de alegrias.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Sua Santidade e o uso de preservativo


E não é que sua Santidade o Papa Bento VI aprovou o uso do preservativo. Em situações excepcionais pois tinha que ser. Não é grande coisa, mas já é uma evolução. Sabem o que mais me surpreende nas restrições e ideais da Igreja Católica? É que estes senhores querem-nos fazer crer que o sexo só serve para procriar. Só se deve praticar relações sexuais com o intuito de gerar novos seres, não há cá prazer e satisfação pessoal. Ora isto é absolutamente absurdo. E mais absurdo eram os 20 filhos que, em outros tempos, as mulheres tinham que ter. Ora isto é uma brutalidade. É uma brutalidade fazer com que mães vejam os seus filhos a morrer (quem tem 20 filhos perde sempre 2 ou 3 durante a infância), crianças a passarem fome, no fundo pessoas condenadas à miséria. Mas para os chefes máximos assim é que devia ser. Na minha maneira de ver, imagino que para aquelas pessoas, um filho era quase como um castigo por ter tido algum prazer na vida. Enfim, sabem... 

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Finalmente! Valha-nos a Fox Life



Finamente vão começar as novas temporadas das minhas séries favoritas. E logo em dose dupla, que sorte! Já temos serão para logo à noite.

Aiiiiiii


Ai como é difícil escrever sobre trivialidades, e até sobre outras coisas, quando um único pensamento nos ocupa a cabeça há já vários dias e só vai desocupar na próxima Terça-feira. Até lá só me resta aguardar. Na próxima Terça o M. vai escolher qual e onde vai tirar a especialidade. A possibilidade de ter que mudar de cidade, apesar de baixa, existe. Como tal a minha cabeça (paranóica!!) não consegue pensar noutra coisa. Sabem amiguinhos eu nunca acreditei muito em relações à distância. A verdade é essa. Admiro imenso, imenso mesmo, quem as mantém e é feliz, mas não sei se isso funcionará comigo... Eu preciso de contacto físico, preciso daquele abraço todos os dias... Será egoísmo?! Secalhar é. Eu até sei que, se ele for para fora, não vai para o fim do mundo, e tem sempre os fins de semana (se não tiver que fazer urgência), mas eu trabalho sempre um dos dias do fim de semana, como tal não será nada fácil. A ideia de estar com a pessoa que mais amo um ou dois dias por semana aperta-me o coração. Só sei de uma coisa, aconteça o que aconteçer nós vamos ficar bem. Temos que ficar.


Jogo de Mãos


E para quem gosta e Nora Roberts é mais um belo livro de se ler. De todos os livros que li da autora, e já foram alguns, este é o mais complexo e mais completo, pois a história precorre toda a nfância, adolescência e idade adulta das personagens. Confesso que a primeira parte me aborreceu um bocado, mas nada que não fosse compensado com o desenvolver da história.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Uma aventura na Serra da Estrela


E não é que no Domingo passado vivemos uma aventura na Serra da Estrela. O melhor de tudo é que foi de mota. É verdade, ainda não vos falei no meu hobbie que é dar uns passeio de mota. Muito amadores que nós somos claro, mas já vivemos momentos hilariantes em duas rodas. Mas a maior aventura, e o M. que o diga, foi no Domingo passado quando começamos a subir a Serra com sol e quando estavamos no topo, em 1 min mais coisa menos coisa, o tempo encobriu completamente e não se via um palmo à frente dos olhos. Isto com um frio do caraças foi uma experiência interessante. Mas eu gostei. Eu adoro andar de mota.

Hoje está assim


Muito, muito triste o tempo. E tem estado sempre assim. Nem apetece sair de casa. E o suposto Verão de São Martinho?! Resolveu tirar férias foi? Também merece vá lá. Daqui a dias o Shopping onde trabalho começa a fechar à meia noite e eu já tenho pesadelos com esse facto. Ainda por cima vêm aí 3 longas semanas só com folga ao fim de semana. Vem aí dureza por isso desculpem qualquer desabafo mais emotivo da minha parte nas próximas semanas.

Já agora (que não interessa nada)

Sou só eu que não posso com a Ana Isabel do Secret Story?! Ainda bem que não conheço muito gente assim, que pensa que tem o rei na barriga.

Falta de inspiração


Ainda bem que este blogue não tem lá muita gente a lê-lo porque senão.... Estou com uma falta de inspiração tal que nem vos digo nem vos conto. Deve ser do tempo... ou então do facto de estar a chegar dia 22... Deve ser deve. 

sábado, 6 de novembro de 2010

Elton John - Your Song (Red Piano Show - Live in Las Vegas)

Porque hoje é um dia especial, e um dia destes vais passar por este cantinho, aqui fica uma prendinha para ti my sweet love.

"... I hope you don't mind, I hope you don't mind, That I put down in word...

How wonderfull life is now you're in the word!"

A minha vida é maravilhosa à 7 anos, desde que te tornaste o meu centro de tudo. Obrigada por me fazeres tão feliz todos os dias.

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Ainda sobre as SCUTS


Agora com a  introdução de portagens nas Scuts passei a utilizar muito mais a nacional 13 (e a zona industrial da Maia) e sabem o que é o pior, o piorzinho de tudo, sabem o que é?

São os camiões. É que não há paciência. Eles estão por toda a parte. Ultimamente tenho tido a sensação que à minha frente vai sempre um camião. Até tenho saudades de ver o resto da estrada, aqueles mostros bloqueiam-nos a visão. Se vivessemos assim num país perfeito, eu tinha uma sugestão: crierem estradas só para camiões. Acho que assim eramos tão mais felizes...

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Estou com um problema... internem-me!


Não é que agora não consigo deixar de ver o canal 10 da MEO. Mais propriamente o Secret Story. Ainda hoje a minha mãe me disse: "Cat és uma menina grandinha, tem algum jeito ficar até as 3h da manhã a ver essa porcaria". E só desliguei porque eles foram dormir se não via mais um bocadinho. De quem é a culpa? Não é minha... é do pessoal da Endemol que os escolheu a dedo para irem para lá.
Agora a sério, serei só eu que acho que aquilo é interessante?! É interessante observar o comportamento das pessoas quando estão fechadas no memso espaço um determinado período de tempo. É a claustrofobia, aliada a uma tendência natural para o conflito, que provocam aquela intriguice toda. Desde domingo que sempre que posso tenho a TV no canal 10 e não consigo dizer qual concorrente é o meu preferido. Quem é que se aproveita ali dentro... Mas que é viciante é! Save me... logo acho que vou tirar a ficha da TV do meu quardo para nem ligar a televisão.

20 dias de sofrimento


Faltam 19 dias para uma grande decisão ser tomada. Por mais que tente não pensar nisso, e que tente que o M. não stress muito, pois qualquer decisão que ele tome terá o meu apoio (com alegria ou sem alegria), não posso deixar de estar apreensiva quanto ao rumo que vamos dar à nossa vida. É essa escolha que ele terá que fazer, que de certa forma, decidirá o nosso futuro. Daí a sua importância...

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

É oficial


A iluminação de Natal veio para ficar aqui no shopping onde trabalho. Estou ansiosa que chegue às ruas do Porto para poder ir até lá no final do dia e encher o coração de coisas boas que só a mágia do Natal consegue trazer.

Cada vez tenho mais certeza


Quando morrer quero ser cremada (não sei se está bem escrito...). A dor de perder quem nos é querido é tão grande que não precisa de ser alimentada em missas, cemitérios e afins. Além disso, o que fica no cemitério são ossos, e passado um tempo, até os ossos servem de alimento aos bichos da terra. A alma essa fica sempre connosco. E para mantermos presente a alma de quem partiu não é perciso ir ao cemitério por flores e lamparinas. Isso só serve para nos deprimir. Por isso está decidido, quando eu partir, quero que recordem a minha alma, não que façam o culto aos meus ossos.